As 3 Zonas de Transição para o Sucesso

Saudações a você!

Em primeiro lugar, muito obrigado pela sua visita aqui no vlog Eu Posso, Sim! A sua presença aqui faz a diferença para mim.

Como eu falei na ÚLTIMA POSTAGEM, hoje vamos tratar d’As 3 Zonas de Transição para o Sucesso. Mas antes de tudo, quero te convidar a baixar a nova versão do e-book “Como Transformar Sonhos em Ouro: 6 passos para a transmutação do desejo” onde acrescentei informações baseadas nos feedbacks que recebi a partir da primeira versão. Aproveite e tenha uma ótima leitura!

Ah, nesta postagem estou experimentando uma nova forma de fazer os vídeos. Você vai perceber a diferença. =D

Agora, vamos à postagem de hoje!

A Zona de Conforto

A Zona de Conforto é a primeira e mais vivenciada zona que nós, humanos, possuímos. Este é o lugar que você mais tem costume, é onde você se sente mais à vontade, pois aqui estão os seus hábitos. Como são hábitos, você se sente totalmente confortável aqui. É o trabalho que você se acostumou e que até se pergunta se saberia fazer outra coisa se saísse dele; é o relacionamento que já não te dá prazer, mas que você está tão acostumado que nem cogita a possibilidade de mudá-lo; é o nível de conhecimento que você possui e que, já que é o que você sabe – e está acostumado – não busca novos conhecimentos, não renovando suas ideias.

Esta é a fase inicial de sua jornada de vida. Se você ficar aqui terá uma vida sem sentido, sem graça, sem prazer. Aqui você vivenciará o tédio. E o tédio, como aprendi há alguns anos, tem forte parentesco com a preguiça.

“Mas se esta zona é tão negativa assim, porque eu continuo nela?” – você pode se perguntar.

A zona de conforto te dá segurança!

Mas esta resposta exige outra pergunta: “segurança contra o que?”

Resposta:

Segurança contra os seus medos. Todos os nossos medos são abafados, calados, na zona de conforto. Nosso medo de perder, medo de não dar certo, medo de ser zombado, medo de ser ridicularizado, medo de não conseguir, medo de alcançar o topo e perdê-lo lá em cima – isso é mais conhecido como “medo do sucesso”, entre outros.

A Zona de Desconforto

Já tratei desta zona no post A ZONA DE (DES)CONFORTO. Mas aqui vamos aprofundar ainda mais esta importante fase de transição para o sucesso. A zona de desconforto pode também ser chamada de zona de vulnerabilidade.

Imagine a lagarta que está no casulo. Ela se desenvolve e começa a sair do casulo que representa sua zona de conforto, começa a transitar pela zona de desconforto. A pequena borboleta está em sua maior vulnerabilidade, pois nesta fase é alvo fácil para qualquer pássaro que a veja. É uma experiência perigosa e dolorosa, mas extremamente necessária para o crescimento da borboleta. Então, ela supera esta parte de sua jornada rumo a uma nova experiência. Antes, uma lagarta que se rastejava e não conseguia ao menos olhar o céu; agora, uma bela borboleta que encontra no céu o seu espaço de vida liberta. Esta é a metáfora.

Esta transição é desconfortável exatamente porque ativa em nós a nossa vulnerabilidade, nos deixando inseguros. É como ouvi de uma colega há muito tempo ainda em minha graduação:

“Quanto maior o mico que você paga, mais você cresce.”

Entendeu o espírito da coisa?

A Zona de Possibilidades

O mocinho sai da casa de seus pais e vai explorar o mundo. Acaba sendo jogado em meio a uma floresta cheia de animais ferozes. Ele inicia assim sua jornada de crescimento. Tem experiências terríveis, de alto risco de morte, supera uma a uma, dia após dia. Se alimenta com o que a floresta lhe oferece e sobrevive. Aprende como despistar leões e como derrubar bichos para ter acesso a proteínas. Enquanto aprende e sobrevive, segue sua jornada até que um dia ele consegue sair daquele labirinto de folhas e bichos e acessa uma cidade rica, decorada de diamantes, ouro e prata.

Para chegar nesta zona, uma jornada deve ser experienciada. Trata-se da mais difícil e rara experiência que os humanos possuem. Em termos práticos, a maioria das pessoas possuem um só ponto de vista sobre a realidade e, por isso, vive sem opções ou quando muito, possui uma opção. Digamos, na melhor das hipóteses, (a) ficar e enfrentar o problema ou (b) fugir. Sendo que a alternativa “b” é a mais acessada.

Sem opções, não temos espaço mental para conquistar. A Zona de Possibilidades é a zona que te oferece um leque de opções e, tendo mais opções, melhor para você. Note que o sucesso pode ser medido a partir da quantidade de opções que você dispõe.

Ter duas opções é melhor do que ter uma; ter três opções é melhor do que ter duas.

A Zona de Possibilidades é, por excelência, um portal que, ao ser atravessado, te dará acesso a riquezas crescentes.

Mas não se engane. A Zona de Possibilidades tem um fim bem definido. Ela termina exatamente onde irá começar uma nova Zona de Conforto. É um ciclo. Ou melhor, é uma senóide, como uma mola. É circular, mas segue à frente, pois a vida é movimento e evoluir é uma missão que todo humano possui.

Até a próxima postagem!

João Lins.

Anúncios

Compartilhe seu conhecimento ou deixe suas dúvidas aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s